Quando se trata de gerir um negócio, estudar o mercado para que seja possível estabelecer o teu produto ou serviço junto do público certo é uma vantagem, mas perceber as forças e fraquezas da tua concorrência, e usar essa informação a teu favor é ainda melhor! Ao longo deste artigo vamos definir os passos a tomar aquando da análise competitiva de um concorrente, de forma a que consigas ter melhores resultados nas tuas estratégias de marketing digital.

Existem 4 aspetos principais a ter em conta:

 

1.Site

mk1-Design: Ambos vão estar a tentar atingir a mesma audiência, por isso compara o design do teu site com o da concorrência: é parecido? Quais são as principais diferenças? Achas que podias beneficiar se o teu design se diferenciasse mais?

-Navegação: Consegues navegar no site sem problemas? Se fosses um potencial cliente, conseguias encontrar toda a informação necessária sem problemas? Há alguma funcionalidade no site que não funcione como é suposto? Quais são as principais diferenças quando comparado com o teu?

-Conteúdo: Quanto conteúdo interessante e relevante consegues encontrar no site da concorrência? Como está o conteúdo organizado – blog ou repartido em várias secções do site? Há alguma interacção visível com o conteúdo?-

Links para as Redes Sociais: Existem links dentro do site para as redes sociais? Quantas e quais redes são utilizadas pela concorrência?

-Experiência do utilizador: A experiência no site foi agradável? Alguma coisa levou muito tempo a carregar? Algum problema evidente?

O objectivo é comparar o site da concorrência com o teu e anotar não só as diferenças, mas se essas diferenças estão a funcionar a teu favor ou não.

 

2.Redes Sociais

mk2-Plataformas: Quais são as redes sociais utilizadas pela concorrência?

-Frequência das publicações: Qual a frequência e consistência  dos posts? São sempre à mesma hora? Se sim, qual a hora que parece ter maior interação? São feitos em dias específicos? Em que plataforma estão mais ativos? Ou têm mais seguidores? A estratégia de redes sociais é melhor do que a tua?

-Interação/Interesse: Com que frequência as pessoas comentam, partilham ou seguem os teus concorrentes nas redes sociais? Com que frequência eles respondem a comentários ou perguntas? Apagam os comentários negativos ou tentam retificar a situação com o cliente insatisfeito? O que podes aprender com isso?

-Tipo de conteúdo publicado: O que estão a publicar? Publicam apenas conteúdo original ou partilham conteúdo de fontes externas? Estão focados em conteúdo escrito ou visual? Como é que pode ser comparado ao conteúdo que partilhas?

-Publicidade paga: Quanto dinheiro parecem eles gastar em publicações patrocinadas nas redes sociais? Que resultados parecem ter?

Se não estás a conseguir bons resultados nas tuas redes sociais, observar o comportamento e táticas dos teus concorrentes vai ajudar-te a perceber porquê – e vai também fornecer-te a informação necessária para que possas mudar a tua estratégia.

 

3.SEO

mk3 Antes de começares a análise competitiva já deves ter uma ideia de quais são as palavras-chave mais importantes para o teu negócio. Por isso vai ao Google, pesquisa essas palavras-chave ou frases e começa a recolher informação. Se a tua concorrência está em melhor posição do que tu, é altura de otimizar. Felizmente, os resultados e conclusões da análise competitiva vão ajudar-te nisso!

4.Blog

mk4 Os blogs tornaram-se essenciais para o marketing digital visto serem a ferramenta perfeita para publicar por escrito aspectos das tuas campanhas.

-Design: O design do blog da concorrência é coerente com o design do restante site? Há algum espaço para comentários? É fácil de navegar no blog?

-Frequência das publicações: Com que frequência publicam? Segundo as reações, qual a melhor altura para publicar?

-Tópicos: Quais são os temas das publicações? Como é que a audiência reage aos temas? Há alguma chamada à ação clara nas diferentes publicações do blog?

 

Quanto mais detalhada a análise competitiva, melhor! Contudo, simplesmente recolher a informação não é suficiente. A análise e utilização da informação recolhida para melhorar os teus próprios resultados é que conta – e isso resume-se a comparar, fazer uma análise profunda e criar um plano de ação que te permite implementar as mudanças necessárias para o teu sucesso.

Dúvidas? Fala connosco!
#PositivImpact #KeepCalm #KeepLearnig #KeepTesting #KeepGrowing #KeepPositive

QUER ACELERAR O SEU NEGÓCIO NO MERCADO DIGITAL?

Deixe o seu Comentário

Comentários